Instruções de Regata

Publicado por Rio Grande Yacht Club
Em:
circuito tecon

CIRCUITO TECON DE VELA OCEÂNICA 2017

Regata Porto Alegre / Pelotas

INSTRUÇÕES COMPLEMENTARES DE REGATA – Estas instruções complementam e alteram as da FEVERS 2017.

Autoridade Organizadora: O Campeonato é organizado pelo Rio Grande Yacht Club sob a supervisão da Federação de Vela do Estado Do Rio Grande do Sul – FEVERS e apoio do Clube Veleiros do Sul, Clube dos Jangadeiros, Veleiros Saldanha da Gama e Iate Clube Pelotas.

1. REGRAS:

1.1 – As regatas serão regidas pelas regras tais como definidas nas Regras de Regata a Vela.

1.2 – Não serão aplicadas as prescrições da autoridade nacional.

1.3 – As alterações serão descritas em detalhes nas instruções de regata. As instruções de regata podem também alterar outras regras.

1.4 – Os barcos estarão sujeitos a inspeção em qualquer momento durante uma regata.

1.5 – Todos os barcos devem estar com todos os equipamentos requeridos pela Autoridade Marítima, para categoria específica de navegação licenciada para o respectivo barco.

1.6 – Todos os barcos devem estar com todos os equipamentos de regata e de segurança requeridos pela sua Classe.

1.7 – O ISAF Offshore Special Regulations será aplicado e todas as regatas ORC Internacional serão categoria 4.

2. PROPAGANDA:

2.1 – A propaganda será de acordo com o Regulamento 20 da ISAF.

2.2 – Os barcos podem ser requeridos a portar propaganda no casco, determinada e fornecida pela organização.

3. ELEGIBILIDADE E CLASSES

Os requisitos de elegibilidade para os iates são os seguintes:

3.1 – Classe ORC Internacional – barcos com Certificado de Medição ORC válido, emitido pela ABVO.

3.2 – Classe BRA RGS barcos com Certificado de Medição BRA RGS 2016 válido.

3.3 – Classe Cruzeiro B– barcos de 24`a 30 pés, sem medição e/ou certificado válido. RIO GRANDE YACHT CLUB Fundado em 09 de junho de 1934 Reconhecido de Utilidade Pública Municipal pela Lei nº205 de 03/01/1951 CNPJ: 94.862.927/0001-84

2

3.4 – Classe Cruzeiro A- barcos acima de 30.1 pés, sem medição e/ou certificado válido.

3.5 – Classe Delta 36

3.6 – Classe Skipper 30

3.6 – Cada barco participante deverá ter a bordo, no mínimo, um velejador habilitado pela Marinha do Brasil, o qual deverá apresentar cópia do documento da habilitação no ato da inscrição.

3.7 – Tripulantes menores de 18 anos deverão ter, obrigatoriamente, uma autorização por escrito dos pais ou de um responsável.

4. INSCRIÇÕES E TAXAS

4.1 – Serão aceitas inscrições até as 14h. do dia 07/04/2017, na Secretaria Esportiva do Clube Veleiros do Sul, e Secretaria Esportiva do Clube dos Jangadeiros mediante pagamento da taxa de inscrição conforme abaixo:

4.2 – Será cobrada taxa por tripulante no valor de R$ 70,00

4.3 – Cada barco poderá se inscrever e competir em uma única classe no evento, à exceção das Classes Delta 36 e Skipper 30 as quais poderão se inscrever em mais uma classe além daquela de origem.

4.4 – No momento da inscrição o comandante deverá informar o nº do TIE (Titulo de Inscrição da Embarcação) junto a Marinha do Brasil.

5. PROGRAMA DE REGATAS

5.1 – Serão realizadas 03 regatas com IR específica para cada regata.

Etapa 1 – Regata Porto Alegre – Pelotas

Etapa 2 – Regata Pelotas – Rio Grande

Etapa 3 – Regata MAR ABERTO em RG

Essa IR diz respeito à Regata de longo percurso Porto Alegre / Pelotas

6. MEDIÇÃO

6.1 – Cada barco deverá apresentar seu certificado de medição válido.

6.2 – Os barcos poderão ser vistoriados a qualquer momento pela CR ou por membro por ela indicado.

7. PERCURSO REGATA PORTO ALEGRE – PELOTAS

SEXTA-FEIRA 07 / 04 / 2017 RIO GRANDE YACHT CLUB Fundado em 09 de junho de 1934 Reconhecido de Utilidade Pública Municipal pela Lei nº205 de 03/01/1951 CNPJ: 94.862.927/0001-84

3

HORÁRIO: 17.00 horas, início da sinalização de Largada.

ÁREA DE REGATAS: Rio Guaíba e Lagoa dos Patos

CLASSES: ORC INTERNACIONAL / BRA RGS / CRUZEIRO A e CRUZEIRO B DELTA 36 / SKIPPER 30

LINHA DE LARGADA: A linha de largada será determinada pelo mastro de sinais da embarcação da CR e uma bóia inflável LARANJA fundeados nas proximidades do Clube Veleiros do Sul.

PERCURSO: Deverão ser passadas as seguintes marcas;

  • • Marca luminosa nº 140 do Canal das Pedras Brancas deixar por BE.
  • • Marca encarnada nº 123 do Canal das Pedras Brancas deixar por BB.
  • • Marca luminosa nº 134 do Canal do Leitão deixar por BB.
  • • Ilha das Pedras Brancas deixar por BB.
  • • Ilha de Francisco Manuel deixar por BB.
  • • Marca luminosa nº 102 do Canal do Junco deixar por BE.
  • • Ilha do Junco deixar por BE.
  • • Marca nº 92 do Canal do Campista deixar por BE.
  • • Marca Luminosa Desertores deixar por BE.
  • • Marca Luminosa Dona Maria por BE.
  • • Marca Luminosa do Vitoriano por BE.

LINHA DE CHEGADA: A linha de chegada será formada pelo mastro de sinais do barco da CR que deverá ser deixado por BORESTE (BE) e a Marca Luminosa nº 86 do Canal da Feitoria que deverá ser deixada por BOMBORDO (BB).

A CR estará posicionada fora do Canal de Navegação.

O tempo limite de prova será de 31 horas encerrando-se esse prazo à 01.00 h do dia 08.04.2017 RIO GRANDE YACHT CLUB Fundado em 09 de junho de 1934 Reconhecido de Utilidade Pública Municipal pela Lei nº205 de 03/01/1951 CNPJ: 94.862.927/0001-84

4

9. PONTUAÇÃO

9.1 – Para a classe ORC Internacional os resultados das regatas Pelotas Rio Grande e MAR ABERTO serão determinados por tempos corrigidos calculados por percurso construído ou Linha de Performance Inshore e para a regata de percurso longo Porto Alegre / Pelotas serão determinados por tempos corrigidos calculados por Linha de Performance Offshore.

9.2 – Para a classe BRA RGS os resultados de todas as regatas serão determinados por tempos corrigidos calculados por sistema de tempo sobre tempo (TMFAA/VCR).

9.3 – Para as Classes Cruzeiro, Delta 36 e Skipper 30 será por bico de proa.

9.4 – Será aplicado o Sistema Linear de pontuação do Apêndice A da RRV, modificado conforme itens a seguir: a) 3 regatas estão programadas. b) Pelo menos uma regata deve ser completada; c) Quando 2 ou mais regatas tiverem sido completadas, a pontuação do barco no Circuito será a soma de suas pontuações de cada regata.

10. SISTEMAS DE PENALIZAÇÃO

10.1 A Regra 64.1 é alterada nas Instruções de Regata para permitir sanções que não a desclassificação por quebra de alguns dos itens de inspeção, a critério da Comissão de Protestos.

11. LOCAL DE PERMANÊNCIA

11.1 Os Clubes terão local abrigado para atracação dos barcos de todas as classes que deverão permanecer nos locais indicados pela organização, durante o evento.

11.2 Os comandantes devem enviar e-mail até o dia 06 de Abril de 2017 para e secretaria@rgyc.com.br informando o comprimento em metros e a medida da boca de sua embarcação.

12. RESTRIÇÕES AO IÇAMENTO DOS BARCOS

12.1 Os barcos das Classes ORC Internacional, BRA-RGS, Cruzeiro, Delta 36 e Skipper 30 não devem ser retirados da água durante o campeonato, exceto com, e de, acordo com os termos de autorização prévia por escrito da Comissão de Regata/Júri.

13. PISCINAS PLÁSTICAS E EQUIPAMENTOS DE MERGULHO

13.1 Equipamentos de respiração sob a água, piscinas plásticas ou outros equipamentos equivalentes não poderão ser usados ao redor dos barcos de quilha desde o sinal de preparação da primeira regata até o final do Circuito.

14. COMUNICAÇÃO POR RÁDIO E EQUIPAMENTO ELETRÔNICO

14.1 Exceto quando em comunicação com a Comissão de Regata ou em emergência, um barco não poderá fazer transmissões por rádio enquanto estiver em regata, nem receber comunicações que não sejam públicas e não RIO GRANDE YACHT CLUB Fundado em 09 de junho de 1934 Reconhecido de Utilidade Pública Municipal pela Lei nº205 de 03/01/1951 CNPJ: 94.862.927/0001-84

5

disponíveis para todos os barcos. Esta restrição se aplica também a telefones móveis e outros meios de comunicação.

14.2 É autorizada a utilização de câmeras de filmagem tipo GoPro ou similar (prova d´água) fixadas no barco.

15. PREMIAÇÃO – Serão agraciados com prêmios os competidores que se classificarem conforme abaixo:

15.1 Premiação da Regata Porto Alegre / Pelotas

FITA AZUL válido para todos os inscritos na Regata

a) CLASSE ORC Internacional -1º, 2º e 3º lugar geral

b) CLASSE BRA RGS – 1º, 2º e 3º lugar geral

c) CLASSE Cruzeiro A e B – 1º, 2º e 3º lugar geral

d) Classe Delta 36 – 1º e 2º lugar geral

d) CLASSE Skipper 30 – 1º e 2º lugar geral

16. ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE

16.1 Os competidores participam da regata a seu próprio risco. Considere a regra 4, Decisão de Competir. A Autoridade Organizadora não aceitará qualquer responsabilidade por danos materiais, físicos ou morte relacionados diretamente com a série de regatas e seus antecedentes, durante ou depois de completado o evento.

16.2 A decisão de participar do campeonato caracteriza um ato unilateral do competidor, ciente dos riscos que a atividade náutica proporciona, devendo os menores de 18 anos ter autorização por escrito dos pais ou responsáveis.

17. SEGURANÇA

17.1 Sempre que estiver na água o competidor deverá ter a bordo o equipamento de flutuação pessoal. Uma roupa de borracha ou impermeável não é um equipamento de flutuação pessoal. Se o equipamento de flutuação pessoal é de um tipo de inflar, sempre que estiver na água este deve estar totalmente inflado. Isso altera a RRV 40.

SEGURANÇA continuação

17.2 Especial atenção deverá ser observada a navegação noturna e a disponibilidade imediata de equipamentos básicos de segurança tais RIO GRANDE YACHT CLUB Fundado em 09 de junho de 1934 Reconhecido de Utilidade Pública Municipal pela Lei nº205 de 03/01/1951 CNPJ: 94.862.927/0001-84

6

como bóias e coletes salva vidas, cabos flutuantes, linha de vida, lanternas e sinalizadores bem como materiais de primeiros socorros.

17.3 Recomenda-se a existência de Cartas de Navegação físicas à bordo bem como os demais acessórios à sua utilização.

17.4 Recomenda-se, na medida do possível, a conveniência de portar equipamentos de localização por satélite, tipo spot tracker ou similar.

17.5 Observar a possibilidade de redes de pesca colocadas a BE, adiante da Marca nº 92 do Canal do Campista

18. COMISSÃO DE REGATAS

Odécio Adams – VDS

Carlos Henrique De Lorenzi – CDJ / FEVERS

Renato Alves – VSG

Angelo Rodrigo Silveira – RGYC

Jorge Endo – RGYC

19. COMISSÃO DE PROTESTOS

Ricardo P. Habiaga – RGYC

Bóris Ostergreen – VDS

Konstantin Knebel – RGYC

Miguel Virgílio Petrovickz – CDJ

20. INFORMAÇÕES

20.1 Rio Grande Yacht Club – Rua Heitor Perdigão s/nº, Bairro Centro – CEP

Rio Grande , RS Fone: +55 53 3232 7196 www.rgyc.com.br

E-mail: secretaria@rgyc.com.br

20.2 Veleiros do Sul – Av. Guaíba, 2941 Bairro Assunção – CEP 91900-420 Porto Alegre, RS Fone: +55 51 3265-1733 ou 3265.1717.

e-mail: esportivarua @vds.com.br ou www.vds.com.br

20.3 Equinautic: Rua Ernesto Paiva 139, junto ao Clube dos Jangadeiros,

Tristeza / Porto Alegre. Fone: (51) 3268-6675. www.equinautic.com.br

Comentários

comentários