VELEIRO MANÁ ATRACA NO RGYC

Publicado por Mirela Pinho
Em:

Desde os anos de 1980, o velejador Márcio Lima, atraca no Rio Grande Yacht Club (RGYC). Na época ele e seus amigos atracavam no clube rio-grandino para as tradicionais subidas e descidas pela costa brasileira. Atualmente, Márcio, que é comandante do veleiro Maná há seis anos, diz que o veleiro de 44 pés e que possui 18 mil milhas navegadas é um visitante assíduo do RGYC.

 

O Maná chegou ao RGYC, neste domingo (18), de Florianópolis. O veleiro participou do 29º Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catariana, que teve  início em 1º de fevereiro, ficando classificado em segundo lugar na Classe RGS Geral e em primeiro na categoria do barco.

 

A tripulação do veleiro e que esteve no Circuito formada por Márcio Lima, Roberto Trindade e Hilton Piccolo, na vinda para Rio Grande, ganhou mais um integrante, o rio-grandino e também velejador, William Feijó. O novo integrante realizou o trajeto Florianópolis/Rio Grande pela primeira vez e conta que foi uma experiência enriquecedora já que as 50 horas de travessia serviram para ter contato com diversas vivências dos três navegadores.

 

Interessante ressaltar que o velejador e comandante do Maná, Márcio Lima, em seu currículo extenso de regatas, teve participação em uma travessia histórica. Márcio esteve  na Travessia dos 500 anos em homenagem ao Descobrimento do Brasil  nos anos 2000. Ele participou da perna mais longa que iniciava em Cabo Verde com destino a Salvador, no veleiro Viva, do Rio de Janeiro. “Foram 13 dias de regatas inesquecíveis”  frisou o navegador.

 

No dia 25 de fevereiro o Maná volta para a sua casa no Clube dos Jangadeiros em POA.

 

O RGYC DESEJA BONS VENTOS AOS TRIPULANTES DO MANÁ.

 

Comentários

comentários